segunda-feira, 6 de julho de 2009

DA FESTA, OU DO PORQUÊ DE ACHAR QUE ESTOU A FICAR, FINALMENTE VELHA




Este ano pretendia que fosse mais calma, a intenção primeira era essa, almoço light, um buffet de saladas e frios, umas espetadinhas de carne, outras de marisco, faça você mesmo, na pedra um ou outro semi-frio e quase só adultos na lista.


O dia estava bonito sem estar demasiado quente e comecei logo de manhã muito cedo por lavar caprichosamente o jardim, regar as plantas e preparar as mesas debaixo da pérgula, decoração simples a puxar ao tropical.


Fi-lo de forma calma, com aquele vagar que os anos ensinam, pensando que mais uma vez tinhas passado o teu aniversário longe de mim, meu irmão, foi a 24 de Junho, depois do meu mais querido a 2 e antes de mim a 29. Bem..., pelo menos celebraste em segurança, falámos pelo telefone que agora tem número e local fixo, de toda a forma soube-me a pouco e isso amolecia um bocadinho meu espírito festeiro.


Saber que alguém de quem gosto muito está a passar um mau momento de forma também ensombrava o dia, mas lá fui andando com os preparativos, foi chegando quem tinha que chegar, a música fez-se ouvir, as brincadeiras na água, a boa disposição e o carinho dos amigos foram-me animando e o que seria uma festa simples e calma transformou-se numa paródia que passou para lá das 2 horas da manhã, uma guitarra a quem se junta a viola e o resto acontece por acréscimo.


Estou de rastos, oficialmente velha.


Graças a Deus que também estou, embora de prevenção, de férias!!!

7 comentários:

Thunderlady disse...

Qual velha qual quê! Só vais estar velha no dia em que não te deres ao trabalho de mexer sequer uma cadeira de sítio porque pensas "ah, não vale a pena, por uma festinha de nada vai ser uma trabalheira muito grande". Isso sim, é estar velho!

Com o teu espírito? Velha?? Ahahahah, como se o teu espírito deixásse o teu corpo envelhecer, ahahah, um dia ele bem vai querer mas acho que não vai ter "sorte" nenhuma!

Parabéns para ele, que o tempo vos posso aproximar smepre :)))


Bjs!!

Vekiki disse...

Parabéns Tita!!!
Tenho que te pedir desculpa pela minha ausência pelo teu espaço, mas não tenho tido muita disponibilidade para me sentar e além disso, o meu computador é de uma lentidão que me tira do sério...não consigo visitar todos os que gosto e muito menos comentá-los sem gastar quase um dia inteiro! Que treta!!! Beijos grandes :)

Pulha Garcia disse...

Cara Tita,

não acredito que esteja "oficialmente velha". Adorei o post sobre o Pinho e aproveito para lhe deixar, se bem percebi, os meus parabéns. Apesar de 20 anos mais novo sinto-me muito mais velho do que alguém com a sua energia ...

All the best

mjf disse...

olá!
Concordo com os comentãrios anteriores:=)
Velhos são os trapos...tu com essa genica, velha????
;=)

Beijocas

SONHADOR disse...

Qual velha???
Cada vez mais nova.

Beijos.

Ana Oliveira disse...

Tita

Velha nunca!!!
O corpo pode ser uma armadilha...quando quer mandar mais do que a cabeça...é só não lhe dar ouvidos e usar a experiência que nos ensinou como recuperar destas pequenas discrepâncias entre os dois...uma boa noite de sono!

E ainda bem que o dia foi bem passado, não muito light e sal q.b.
porque uma "parodia" com os que nos são queridos é o melhor rejuvenescedor que há.

Um beijo

Ana

Thunderlady disse...

Ó ó ó.. ó Pulha (até fiquei gaga), não o fazia mai' novo que eu, rapaz.
Então onde está essa genica?