terça-feira, 9 de dezembro de 2008

DA PRODUÇÃO LEITEIRA


O fim-de-semana, correu muito bem, obrigada por perguntarem, sobretudo o dia de ontem.

Por razões de força maior, leia-se porque as mães queriam muito ir fazer compras de Natal, arejar, enviar para longe as más vibrações de uma possível depressão pós parto, ou tão simplesmente laurear a pevide.

Vi-me na posse temporária da Caetana e do Salvador. Felizmente que tinha a tarefa facilitada pela competente ajuda da Lau e a inestimável supervisão da Marta...

Ora os dois infantes são alimentados a leite materno e as respectivas progenitoras deixaram os biberons necessários à sua alimentação durante a ausência das mesmas o que deu direito por si só a uma longa explicação sobre bombas e aleitamento materno, apenas porque a Lau queria saber como se punha o leite das mães nos biberons e acreditem que nao se contenta com poucos detalhes.

Os ditos recipientes foram por mim colocados no frigorífico, devidamente etiquetados. Como já diziam os antigos, uma desgraça nunca vem só, ou então e apenas por mera solidariedade as crias de mama começaram a manifestar sinais de que tinham que ser alimentados exactamente ao mesmo tempo, logo D. Marta se dispôs a colaborar dizendo que ia dar o biberon à Caetana e que eu ficava como Salvador que é mais novo mas muito mais irrequieto, rapaziadas.

Tirar biberons do frigorífico, pô-los a aquecer, todas as manobras seguidas de bem perto em jeito de fiscal da ASAE, pela Lau.

Quando finalmente dou a preparação por concluída chamo a atenção da Marta que é preciso ter sempre atenção para não trocar os biberons, para que cada bébé beba o leite da sua mãe.

De imediato, salta a pertinente pergunta da Lau:

- Mas porquê? Leitinho é leitinho. Então as senhoras não são como as vacas?

14 comentários:

Thunderlady disse...

Ahahahah, delirante!

A Lau em grande a fazer concorrência às R's da Rita, ahahahahah

Bjs
:))

Mr X disse...

Lá está... lembro-me de um post lá no meu poiso que tinha a ver com esta questão.

pensamentosametro disse...

Thunderlady,

Podes crer que fazia, aliás devia ser interessante era juntá-las...


Mr. X.

eheheheh.


Bjs


Tita

Rita disse...

Nem mais. Mais um comentário de gente pequena mas ajuízada com as suas lógiacas fantásticas. A D.Rf outro dia disse-me:
-Mamã, no Natal quando o pai Natal cá vier depois deixas-me ir à janela ver as renas?...
Jokas

pensamentosametro disse...

Poisclaro, quando é que vai ter outra oportunidade de ver as renas??? Os adultos, pfffff, francamente...


Bjos

Tita

fjorge disse...

beijos e boa semana!!!


Hummm que aconteceria se houvesse troca dos biberons, e a bébé bebesse o leite da mãe do Salvador ou vice versa?...

:(
(perguntas tipo da Lau...)

mjf disse...

Olá!
As crianças fazem perguntas de dificeis resostas..
ehheh

Bijocas

Gi disse...

Os adultos complicam sempre tudo; nem sei porque não serão as crianças a governar o Mundo!

Ana Oliveira disse...

Já agora Tita, gostava de saber o que é que respondeste...

Beijos

Ana

Anónimo disse...

tita, eu proponho a criação de um blog novo!

www.avomaifofa.blogspot.com

ou então

www.osnetosdaminhavida.blogspot.com

:)


Essa Lau... deixa-a crescer e ficar adolescente e criar um blog! Pior do que a Avó! :D

Beijinhos, Tita Maria!

ovo*

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

As crianças são tramadinha! Qual foi a sua resposta?

pensamentosametro disse...

A fim de satisfazer a curiosidade do meus caros amigos e leitores esclareço que tentei explicar da melhor forma possível comparando o leitinho das mães a uma vacina para os bébés não ficarem doentes, quando eu pensava que estava "desenrascada" a fulaninha volta à carga e pergunta onde está o nome dela nas vacinas...

Acho que temos em casa uma potencial militante do BE, pelo menos nunca se contenta com desculpas de mau pagador e conversas ocas.

Bjos


Tita

Pepper disse...

Ahahahah! Simplesmente delicioso!

Que coisas mais lindas!

Beijos

Fatima disse...

ahahahahahah!!!!
Que observação esta! Os catraios, são terríveis!