domingo, 21 de dezembro de 2008

E LOGO AGORA QUE ME ANDAVA A PORTAR TÃO BEM


Eu escrevo mal, dou erros ortográficos, aquelas merdinhas todas pelas quais me costumam vir aqui chatear.

Mas quando escrevo, as ideias são minhas, as palavras também e a inspiração, normalmente a grande responsável pela asneirada, vem directamente do que me passa pela cabeça ou ficou armazenado no coração.

Então expliquem-me lá porque raio se considera um copista um autor? Expliquem-me o objectivo, a razão do copy/paste,ou simplesmente do copy, é que não há nada que mais me enerve do que quem usa ideias, frases slogans, textos integrais de outros e os pespegue na sua folha ainda que fazendo referência ao autor, quando o faz ... e os apresente como seus.

Secou-se-lhes a verve ou foi-lhes de férias a musa?
Pensem nisto e tenham um bom Domingo.

11 comentários:

Ovinho Estrelado disse...

1- Tu não escreves mal.

2- A escrita de alma e coração é a mais verídica e sentida.

3- Issso dos copistas e coiso. Pois. Laissez faire, laissez passer.

4- Tu ainda não percebeste que não é por, eventualmente, acharem que escreves mal que te vêm chatear? Até porque, quem, alegadamente, cá vem azucrinar-te lê comenta blogs tão mal escrevidos, mas tão mal e entra muda e sai de elogios rasgados. Portanto, não será o Português a causa dos males.

5- Também tens quem te venha chatear, referindo a tua escrita, fazendo-se passar por quem não é. Tal como eu já tive, desejando lançar a confusão. Bem como se dá ao trabalho de ir a outro lado deixar comentários como se fossem de outros. Para lançar a confusão. Também já me fez isso. E não tenho a menor dúvida que não é quem gostaria que pensassemos que foi! Serve-se sim de atritos, uns bem outros mal resolvidos, porque tem tempo a mais e gosta de estar sentada a rir-se dos outros. O que não sabe (ou sabe!) é que já nos tem provocado fortes e francas barrigadas de riso, enquanto destila fel. Pelo non sense do que faz.

Portanto, isto dos copistas é coisa muito confusa. Sabes o que têm? É vida a mais! (cf. o meu conceito de vida e não vida no meu penúltimo post).

Beijo enorme, Tita.

Thunderlady disse...

Pensar nisto? Eu pessoalmente não quero pensar. Tenho tantos slogans, ideias e sei lá mais que tais [e tu tam,bém tens, eu sei ;)] arrancados e colados noutro sítio que já nem penso nisso, olha, quem faz isso que se divirta muito e aproveite bem. Da minha visita ao seu espaço já não usufrui.

As críticas à tua escrita.. isso é outra história... isso é algo pessoal, ultrapassou toda e qualquer regra, até porque quem vem ao teu espaço com a máscara do anonimato (porque será, né??) tropeça nos erros e na má cnstrução de frases a torto e a direito. Isso é uma coisinha muito pessoal. Tu puseste o dedinho em alguma ferida que se julgava fechada.

Talvez por seres aitêntica e não construires um car+acter que faz e acontece uma série de ilusões?

Não sei, não sou psicóloga.



Também há quem diga que Saramago não sabe escrever. Eu creio que não o sabem ler. Seja como for, ganhou um Nóbel da literatura. Ah, e por falar em Saramago.. está na moda gostar ou é só para engraxar? Ahahahahah


Beijos grandes, bom domingo!!

Olá!! disse...

Não entres nessa senão em vez de pensar a metro começas a pensar a centimetro.
Vive e deixa viver e acima de tudo borrifa-te para o que ouves dizer. Erro todos os dias a escrever, falar e até a interpretar e agora??? suicido-me???
Festas felizes
Beijossssssssss

Ahhhhhhhhh quanto aos copy past eu faço quando me apetece e só porque me apetece, afinal o blog é meu e nem sempre a imaginação anda em alta ;)

Vekiki disse...

Amiga, não te zangues, não te chateies...não ligues a quem não merece essa atenção!
Beijos
Vera

Myself Alone disse...

Ola, Tita :)
Já não te deixava um comentário há muito tempo, e hoje decidi vir cá e deixar um beijinho de Boas Festas (embora n ligue nada a esta altura do ano), e desejar que o teu 2009 seja co caraças!! ;)

Jinhos Big,
Vasco

Myself Alone disse...

Ola, Tita :)
Já não te deixava um comentário há muito tempo, e hoje decidi vir cá e deixar um beijinho de Boas Festas (embora n ligue nada a esta altura do ano), e desejar que o teu 2009 seja co caraças!! ;)

Jinhos Big,
Vasco

najla disse...

Confesso-te que a 1.ª vez que solicitei que me enviassem as mensagens posteriores ao meu comentário foi aqui no teu blog. Mas foi a 1.ª e a última. Porque foi nesse mesmo dia que recebeste um dos comentários mais "reles", ordinário e de alguém muito frustrado! Quando o li - e mesmo não sendo para mim e nem te conhecendo - senti-me muito mal. Achei-o completamente despropositado.
Julgo que só alguém muito doente ou então com uma auto-estima muito em baixo, vem insultar outra pessoa no seu espaço. Sim, porque este espaço é nosso, tem dono. E como tal metemos o que queremos, damos os erros que queremos e até podemos escrever as maiores barbaridades....desde que não se ofenda ninguém - isto a minha opinião, claro.
Quanto a usar textos ou frases de outrém, eu uso. Faço referencia ao autor e uso-as porque há muitos textos e frases que podemos aprender com eles ou simplesmente reflectir....

Beijos e continua a escrever como sempre o fizeste que quem te segue adora!

pensamentosametro disse...

Não posso deixar de vos agradecer a todos as palavras que aqui deixaram acerca deste texto. Resta esclarecer que não tenho nada contra o copy/paste que tantas vezes nos dá a conhecer coisas novas autores para nós desconhecidos que em suma, nos enriquece, mas apenas me cansa um bocado quem recorrentemente utiliza esse recurso, como forma de ocupar espaço. Também é verdade que só lê quem gosta por isso deixei de ler alguns desses sítios.

Ao que eu me referia mesmo era ao plágio, não há nada mais pobre que salteadores de ideias.

Bjos


Tita

Thunderlady disse...

"Salteadores de ideias"! Adorei o nome! :D

Bjs

Mr X disse...

Ó T, ainda nisto?
Estás a dar importância demais, não?

pensamentosametro disse...

Não X, foi só um desabafo, sabes que os anónimos a mim pfffffff, já os do plágio, grrrr.



Bjos


Tita