segunda-feira, 19 de maio de 2008

Vozes que ouvimos sempre com agrado.
Porque nos fazem falta, porque devagarinho se foram tornando parte da nossa vida do nosso dia a dia.
São as vozes dos amigos, dos verdadeiros amigos, daqueles que sabem aceitar os nossos defeitos, as nossas opiniões, tantas vezes divergentes das suas.
São os que sabem rir, brincar debater, tantas vezes contrariar, aqueles com quem podemos amuar hoje e esquecer tudo amanhã.
Mas que também sabemos estarão sempre lá nas horas menos boas a amparar, a cuidar, tantas vezes no bastante silêncio, com uma simples troca de olhares.
Gostei de te ouvir amiga!

7 comentários:

Pepper disse...

Titi:

Fiquei assim meia comovida, mas eu hoje também estou um pouco sentimental.

Beijos

Thunderlady disse...

São tão poucosaqueles com quem podemos ser nós sem reservas :)

Bjokas

sonhador disse...

e é pena que essas verdadeiras amizades sejam tão raras.

bjos do sobrinho.

gaia disse...

gosto da foto lá de cima... :)

Anónimo disse...

É verdade, Tita. Verdadinha.

Eu hoje aguardo um telefonema desses. De alguém que tem uma boa fatia de mundo para me dar. E bastam 4 palavras.

Um beijo especial. Obrigada pelos mimos ao meu matraquilho mailindo! Hoje sou eu a bebé! :)

Lisa (sem login)

Gi disse...

:) ;)

pevide disse...

=)