terça-feira, 9 de junho de 2009

TALVEZ PREGUIÇAR ...


Não me apetece escrever, lânguida, lassa me sinto, contudo feliz, a vida corre-me bem, porque raio hei-de dizer o contrário? Estou de bem com a vida, agradeço as muitas dádivas recebidas.

Estou feliz porque aprendi, finalmente, a deixar as coisas podres, torpes, pequenas e mesquinhas da vida escoarem-se num vórtice sem sequer me salpicarem, não contam mais, não me incomodam mais. Finalmente consegui subir mais aquele degrau, o tal , o que faltava ainda para olhar do lado de cima o que teima em colar-se ao lado de baixo, porque falo nisto? Simples, as coisas que nos consomem sem razão, roubam-nos anos de felicidade.

Sinto-me melhor praticante dos afectos, sem ansiedade, sem desespero.

Crescer, mesmo que à porta dos 51 anos é sempre um objectivo gostosamente alcançado.

Aprendi a amar com mais serenidade e a perdoar com maior facilidade, falta aprender a parte do esquecer, falta aprender a apagar cicatrizes, daquelas que embora só eu as veja, estão lá.

Nestes dias que correm líquidos e serenos entre o muito trabalho e a beatitute do gozo da presença dos filhos, dos amigos apetecem-me coisas nunca antes apetecidas, andar mais devagar, talvez apenas e só olhar, talvez preguiçar.

15 comentários:

mjf disse...

Olá!
Então preguiça....eu hoje também tirei uma folga para preguiçar:=))
Faz bem ao corpo e á alma...
eheheh

Beijocas

Pepper disse...

Preguiçar é bom...
Mas no dia 13/06/09 pelas 21h00 ou 14/06/09 pelas 09:00,vais estar muito atenta à Rádio Comercial!

É que a tua sobrinha querida vai mudar o Sofá Vermelho para lá por alguns minutos.

Beijos

Anónimo disse...

BOA TARDE,
ESTE POST VAI SER INTEGRADO NUMA RÚBRICA DO RÁDIO CLUBE PORTUGUÊS QUE SE CHAMA "O MEU DIÁRIO É UM BLOG" - VAI PASSAR DE DOMINGO PARA SEGUNDA NO PROGRAMA "POSTO DE ESCUTA" - ÀS 3H30 DA MANHÃ.
TODOS OS DIREITOS DE AUTOR SERÃO RESPEITADOS E SERÁ CITADO O BLOG E O AUTOR.
OBRIGADO PELA COMPREENSÃO E BOA ESCRITA.
FILIPE FANGUEIRO

PARA MAIS INFORMAÇÕES: filipefangueiro@mcr.iol.pt

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu também gostava de poder preguiçar nestes dias, mas infelizmente não é isso que vai acontecer.
Ainda bem que superou as coisas más e se sente tranqila, porque essa é a forma perfeita de vivermos a vida.
Bons feriados

Mozka Tché Tché disse...

Opá, 3.30 da manhã?????????
ehlééééé

DEVIA ERA SER À HORA NOBRE!

Esta gente não aprende, mas o Filipe cá para mim, é dos nossos.

Anónimo disse...

Helloooooooooo, miss cartaxo!

Eu comecei a espreguiçar-me ao fim da manhã e só tenho ideias de baixar os braços lá para Domingo ao fim da tarde! :))))

Esse teu discurso pacifista, essa paz reveladora... foi tudo ares do Norte! Volta, que estás perdoada! :)))))))

Deixo um beijinho a correr, que isto daqui sai caro. (Mas já que cá estava...!!!)

*

ovinho*

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

Aproveita, porque felicidade plena não existe... existirá, quiçá, laivos de felicidade.

Viva a blogosfera!!! ahahah!!!

Ana Oliveira disse...

Tita

Preguica...o quanto baste...que esta coisa de crescer aos cinquenta da-nos direito de aproveitar a sabedoria e gozar a vida o melhor possivel...entre uma luta e outra!

Bons feriados

Beijos

Ana

SONHADOR disse...

"A preguiça é a Mãe de todos os vícios, mas uma Mãe é uma Mãe e é preciso respeitá-la, pronto!" - Lembras-te da imagem que contiga esta frase?

Se quiseres, eu posso enviar-ta.

Beijos.

najla disse...

Conheço bem todos esses sentimentos...por isso, aproveita bem o descanso! Bjs

E agora uma pergunta ao sr. Filipe: às 3h30 da manhã???? Só os padeiros e vigilantes é que devem ouvir....e o resto do pessoal? Hum???

Me Hate disse...

Bem acabadinha de chegar... e querendo preguiçar um pouco mais... inté Jazz... ;)

Fatima disse...

Cheguei tarde ao blog, mas informo que preguicei e muito esta semana!
Viva as cinquentonas!

Thunderlady disse...

Só te digo que ter estado 7 dias inteirinhos desligada da net foi o melhor. O melhor!!

:)) Estou de volta, beijos grandes!

João Videira Santos disse...

Calmo e sereno este post.Gostei.

Cátia disse...

Ouvi este post acima, e vim aqui le-lo. Gostei do imenso...

"aprendi, finalmente, a deixar as coisas podres, torpes, pequenas e mesquinhas da vida escoarem-se num vórtice sem sequer me salpicarem, não contam mais, não me incomodam mais. Finalmente consegui subir mais aquele degrau, o tal , o que faltava ainda para olhar do lado de cima o que teima em colar-se ao lado de baixo, porque falo nisto? Simples, as coisas que nos consomem sem razão, roubam-nos anos de felicidade."

Estou a trabalhar nisto... Espero que um dia tambem o consiga fazer de uma forma definitiva... Obrigada por me dar essa esperança.

Beijinho
CA