quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

AMAR O AMOR


Nunca hei-de ser capaz de entender como é possível que se diga que A ou B se separaram porque o amor acabou.

Os relacionamentos extinguem-se pelas mais variadas razões, mas nunca porque acabou o amor. O amor, o verdadeiro amor, o sentimento puro, sem artifícios é eterno, é indestrutível, imortal.

Se amor houvesse, desde o primeiro olhar todos os obstáculos seriam ultrapassados, porque o amor é o único cimento indestrutível.

Os relacionamentos acabam porque o amor nunca lá morou, a qualquer coisa se chama hoje amor, mas lá, onde faz falta, está apenas a palavra, o sentimento mora longe e assim, sem alicerces, o relacionamento enfraquece e colapsa.

O amor é um sentimento grande, enorme que abarca muitos amores diferentes entre si e iguais na sua essência que nunca, nunca deve ser reprimido, escondido ou maltratado.

10 comentários:

Ana Oliveira disse...

Tens razão Tita
"ou nunca lá morou"! "ou foi apenas um nome que se deu a um outro sentimento de que se não sabia, ou não queria saber, o nome"!

Que bem tu dizes certas coisas!

Beijos

Ana

Thunderlady disse...

Se há coisas que não se explicam o amor é uma delas. Ainda recordando o teu post anterior, reconheço que me custa muito dizer as palavras, raramente as digo, mas na hora difícil em que parece que a única coisa que temos é dúvidas não tenho nenhuma acerca do amor que sinto, e nesa altura sinto-me feliz porque não são as palavras que trazem o sentimento. E a vida não é um filme ou uma novela.

Bjs

pensamentosametro disse...

Ana,

Digo apenas como sinto. Não adianta complicar o que por si é simples.


Thunderlady,

Exactamente! Há é quem tenha a mania de querer aperfeiçoar a perfeição, pôr-lhe maquillagem, nomes na boca. Os gestos valem mais do que as palavras.


Bjos


Tita

Mr X disse...

Mesmo o maior amor pode por vezes ter necessidade de se afastar. O consumo do casal, por exemplo, devido à total paixão pelo outro pode ser doentia, malfadada.
O amor tem razões que a razão desconhece. E algumas podem não ser bonitas.

pensamentosametro disse...

Mr X,

Isso não é amor é obsessão . O amor é um sentimento sem peso, ou eu tenho tido uma sorte do caraças...:)))


Bjos


Tita

mimanora disse...

Tocaste na mouche Tita!
O amor que acaba é aquele que nunca existiu... Mas muitos acham que amam pq estão encantados ou deslumbrados!
O verdadeiro amor é eterno e incondicional...
Gostei muito do texto :)

Thunderlady disse...

(Este comentário é só para ficar oa pé da Mimanora, hihihi, por causa do nosso ocncurso de avateres, ahaha)

Bjokas Tita Maria

pensamentosametro disse...

Vocês não me enervem com os avatares, fis o meu e guardei-no numa pasta oculta, agora não o encontro ahahahahaha.


Bjos


Tita

Mr X disse...

O amor é um avatar!

Anónimo disse...

Tita, tenho estas tuas palavras como minhas, não as teria exposto melhor.
Aplaudo de pé este teu texto sentido.
Vivo-o intensamente.

Os relacionamentos acabam (amorosos, de amizade... que importa?) porque o Amor não mora dessa forma genuína e indestrutível nas duas partes.
E Amor só se vive aos pares...

A lágrimazinha cai no canto do meu olho, como sabes.

"O amor é um sentimento grande, enorme que abarca muitos amores diferentes entre si e iguais na sua essência que nunca, nunca deve ser reprimido, escondido ou maltratado."

Beijinho especial.
Levo este post na alma, que levo.
Agora vinha a parte do colinho e coiso.
:)

ovo*