sábado, 11 de outubro de 2008


Fechou um dos mais emblemáticos sítios da blogosfera.

Peca por tardia, esta conversa que não podia nunca deixar de ser feita.

Estou a ver daqui os meios sorrisos colados de lado em algumas bocas quando me refiro ao blogue que teve que ter nome como emblemático, emblemático sim e para muitos um manancial de inspiração, onde descarada e repetidamente vinham beber ideias que depois de pobremente escovadas apresentavam como suas.

Contrariamente ao que muitos pensam, a mim e a muitos outros, interessa sobretudo o conteúdo e não o número de visitas ou de comentários muitas vezes conseguidos à custa da soma de idiotices, brejeirices bacocas a descair para o mau gosto, de cobranças e mais não digo, quem julgar que lhe sirva, que enfie a carapuça. É certo que cada um escreve o que bem lhe apetece no espaço que é seu, como também é certo que ninguém é obrigado a ter pachorra para ler...

Tenho por hábito ler sítios que me cativam à primeira linha, muitas vezes, passam-se semanas, meses, até ao primeiro comentário, há sítios que visito quase diariamente há muito e onde nunca escrevi uma linha porque acredito que há textos tão bons que não devem ser manchados por um comentário, tantas vezes idiota que visa tão só e apenas a promoção do comentador que vai deixando pegaditas aqui e ali como forma de angariar visitas e comentários. Note-se que as tais pegaditas só aparecem em locais de alta tiragem, independentemente da qualidade da escrita, por vezes tropeço em textos tipo "... hoje comi arroz de pato...", com 50 e muitos comentários, são coisas que ultrapassam a minha inteligência...

Foram em grande parte os textos da Vanda que me amarraram em definitivo à blogosfera que para mim não passava de um caderno virtual, ainda hoje é um bocado, muito assim.

A Vanda é uma pessoa sem ruas laterais nem pátios das traseiras que não entretém os dedos em conversas ocas, foi a sua sinceridade, honestidade e discrição que me prenderam a ela quando com o correr do tempo, passámos das leituras e comentários recíprocos às conversas no msn e depois às conversas de carne e osso.

Hoje em dia não me entrego a uma amizade com facilidade, cansada, calejada de enganos e desenganos, levo tempo a proferir a palavra amigo, mas quando o faço é para a vida.

Tenho na Vanda uma grande amiga, sei, tenho a certeza e ela sabe que tem em mim alguém para todas as horas.

Quem quiser continuar a ler o que ela escreve tem sempre a opção de o fazer todos os Sábados aqui.

As razões que a levaram a fechar o blogue são dela e só a ela pertencem. No que me diz respeito e se por algum acaso resolvesse pôr um ponto final aqui na mercearia, seria sempre por conta do desgaste, por conta do não querer assistir do não querer fazer parte .

Por muito que custe acreditar, aprendi imenso com os relacionamentos via blogosfera. Conhecem-se cabeças excelentes que não se deixam afectar por ideias pré concebidas, pessoas fantásticas de espíritos rápidos, argutos de humor fino e graça natural. Infelizmente conhecem-se também as outras, as tais que pensam que alinhar meia dúzia de disparates, ou pescar uma ideia aqui e ali e apresentá-la como sua faz deles escritores consagrados.

Acredito que se fazem amigos de verdade, que há amizades que começam ao contrário e também acredito que há quem se diga amigo de forma quase instântanea e depois se prove indiferente, distante insensível e falso.

De todos estes pratos já degustei o sabor.

Da Vanda continuo a ter o melhor do que lhe vai na alma e o privilégio da sua amizade, tenho saudades da sua escrita é verdade mas apesar de termos ambas muita, muita vida para além do blogue , arranjamos sempre algum tempo para trocarmos ideias.

A blogosfera ficou sem dúvida mais pobre e mais pobre ficou, com certeza quem não soube aproveitar a possibilidade de conhecer melhor a Thunderlady e usufruir da amizade de uma mulher com M grande.

17 comentários:

Thunderlady disse...

(Já vim aqui 2 vezes e ainda não tenho palavras para comentar. Volto depois.

Beijos ! aproveita bem o resto das férias!)

TAZ disse...

Ainda não consegui redigir nada quanto a este assunto.
Não consegui mesmo!
Por agora, apenas digo que tenho saudades de ler a Vanda.
Quanto aos plágios, etc e tal, já sabem a minha opinião e até as consequências disso. ;)
Beijos

sonhador disse...

cotinuaremos a ler as suas crónicas noutro lugar.

beijos.

fj disse...

“É certo que cada um escreve o que bem lhe apetece no espaço que é seu, como também é certo que ninguém é obrigado a ter pachorra para ler...”
Eu tive!
Eheheh!!!

Minha cara conterrânea Tita,
Não é que tive que fazer mesmo um copy e paste e imprimir para que pudesse ler à noitinha???. (brincando….)
-olha mas pelo que tenho em mente para te deixar aqui num comentário, quase aposto q não irás ter tempo de o ler até hoje à noite ;)

Ora então, para ver se eu entendo, a Thunderlady (Vanda) ainda não fechou o Blog ou seja ainda pode muito bem voltar a trás...certo?

É claro que não posso emitir a minha opinião sobre este Blog da Vanda que está para encerrar, apesar de o ter visitado algumas vezes a partir de uma determinada data, mas não foram as suficientes para emitir uma opinião em concreto dele ou da sua autora, uma vez que não tenho por hábito andar a escarafunchar em Posts tão antigos que mais não são, para os novos leitores ou visitantes, Post desactualizados e repletos de algumas “teias de aranha”.
(esta agora foi mesmo um desabafo…)
…sabes que anda alguém muito preocupado com o conteúdo do meu Blog pelo meio de tanta teia-de-aranha, pois passa por lá duas a 3x ao dia, entretido durante largos minutos, a ler Posts antigos e respectivos comentários (deve andar a tentar interpretar melhor os meus posts, já que na maioria são quase todos muito pouco claros)…realmente há mesmo pessoas com tempo a mais disponível, não há?? (desculpa-me este aparte…sim?... Mas pode ser que essa pessoa tb venha aqui ler os teus comentários e respectivos posts…) daqui a uns dias lá vou ter q abrir uma rubrica nova sobre esse tipo de penetras.

Continuando…

È sempre com alguma pena que a blogosfera perde blogues q gostamos ou anunciam o seu encerramento assim 100maisnemenos.
Sobre o motivo que levou a Vanda a decidir pelo seu encerramento, nada sei. Talvez um dia venha a saber e aí sim emitirei a minha opinião.
Entretanto se ela não o encerrar, talvez faça como o meu visitante/observador(a)/investigador(a) assíduo e então aí talvez fique tb a saber mais qq coisita sobre o seu conteúdo e o dia a dia da sua autora.

Ao contrário do q muito boa gente pensa e DIZ, todo este teu texto é tb uma prova que na blogosfera se podem fazer alguns bons Amigos...
Certamente e pelo q deu para ler no seu comentario, a Vanda ficou bastante sensibilizada, quiçá se não voltará com a sua palavra atrás.

Bjs do teu conterrâneo e cont de boas férias...Hoje ainda com alguma tristeza, mas amanhã já será outro dia…há que seguir em frente.

ps: tive o cuidado de ler e reler, algum erro faz favor de o ignorar.
:)))

fj disse...

pois é :(
antes de emitir a minha opinião aqui, deveria de ter ido lá ao respectivo blog, ler o ultimo a seguir ao que era suposto ser o ultimo post.

Pronto! Não sou mesmo organizado neste tipo de movimentos e andanças na blogosfera.

Thunderlady disse...

Tita, não tenho mais palavras que as que tinha ontem.

Os que quiseram conheceram - e por ter conhecido algumas pessoas valeu muito a pena ter começado o blog.

Se a vida é uma viagem a blogosfera tambem é e precisei uma pausa, ver ao longe, e há muita coisa por aqui que precisa ser vista de longe...

Sabes o que me lembrei? De um dos meus primeiros comentários aqui, muito tímido (não parece, mas sou) com receio de invadir algum espaço. Não me lembro o que escreveste, mas lembro-me que disse que esse teu pensamento nao tinha sido a metro e tu percebeste o que eu quis dizer.

Eu só tenho a agradecer-te teres ido visitar-me.

Recebe este abraço bem apertado (para o Bix umas festinhas!!). tu sabes que eu estou aqui. Não estou é "lá" :))

Resto de boas férias!



Ao FJ: tive o cuidado de tirar "do ar" todos os posts anteriores. Não quria ver-me vasculhada dessa forma. Não te deixaste intimidar pelo facto de ter fechado, obrigada por isso. Vou continuar a visitar-te. Beijinhos

fj disse...

é o q se pode apelidar de uma " Thunderlady 100palavras"

aproveitando este post e o seu espaço - com a licença da D. Tita (sim q o respeitinho é muito bonito)

Vanda
pensei inicialmente em fazer o mesmo...ocultar alguns dos post mais antigos.
Por acaso não tenho nada a esconder, até porque uma grande parte das pessoas que visitam o blog(alguns familiares, amigos e colegas de trabalho) conhecem-me e a maioria desses nem sequer deixam comentarios...mas acabam por "comentar" quase sempre utilizando a via errada.
Por isso ja não me permite acrescentar um ponto sequer...a um conto - digo post.

Continuo a achar lamentável, haver pessoas com o intuito de vasculhar e não de ler...
enfim!...foi mais um desabafo.
Não fosse isto uma mercearia...

obrigada Tita por este bocadinho, sim?
:)
Beijos para a "homenageada" e para a dona da "mercearia".

Mr X disse...

A thunder reaparecerá :)
Não há nada a fazer. Também eu já fechei alguns tascos e volto mais tarde, se bem que com outro nome.
Vá Thunder (V), se me leres começa já a pensar é num título para o futuro novel blog.
:)

Quanto ao teu txt Tita, é muito muito bonito. E fiquei contente por talvez pertencer aos que têm Graça natural. Mas vai ser por pouco tempo, pois vou deixar de viver nela.
;)

Xuggo disse...

Mas que raio.... Já não é a primeira vez que me apercebo dos teus desabafos relativamente a esta picardia entre bloggers. Fico com a sensação que a blogosfera se tornou num enorme recreio de escola...

Não percebo e, sinceramente, não tenho grande interesse em perceber. Mas gente parva há em todo o lado e não há como o contornar; são como as luzes de natal. Servem para decoração e gastar energia. Mas chega o ano novo e voltam para a gaveta.

Lembro-me dum filme fantástico "A vida, o amor e as vacas" em que o Jack Palance diz para o Billy Crystal "I crap bigger than you..."
E arrumou logo a conversa.

Isto dos blogs é como os quintais, uns são muito bonitos, outros só o são depois de devidamente esgravatados e outros são só ervas daninhas. De qualquer modo só espreita quem quer, só entra quem nós deixamos e aos outros está cá o Sebastião para os receber...

Oiçam Dave Matthews que isso passa...

Beijos
Xuggo

Pepper disse...

Tita:

Já passei aqui inúmeras vezes e cada vez que vou comentar, simplesmente clico no DELETE!

Acho que os blogs não foram criados para quezílias,irritações ou pura e simplesmente uma forma indirecta de atingir quem quer que seja,até porque me tenho mantido bem distante de tudo isto!
Não quis e continuo sem me querer envolver pois não tenho "saco" para tricas destas.

Estou triste por o blog da Thunderlady ter acabado, foi dos primeiros que li e que sempre acompanhei.
Espero que ela reconsidere e volte!


Bjos

Rita disse...

Olha e eu tenho um grande carinho pela Thunderlady até porque é uma das poucas bloggers que conhece as Rs em carne e osso mas como sei que ela anda por aí...
Jokas

gaia disse...

e mais digo!

pensamentosametro disse...

Thunderlady,

Antes de mais não tens nada a dizer, nada, cada palavra que escrevi foi sentida, é o tal feitio de trazer por casa, escrevo exactamente o que sinto, sem rodeios e sem meias palavras. Como dizes, a blogosfera apesar de tudo ainda é um sítio onde se podem fazer amizades, eu fiz, poucas, como na vida a cores apenas permaneceram as que podem ser tratadas "sem pinças".

Bjos

Taz,

Exactamente, esta conversa está estafadíssima e tu também não precisas do blogue para ter a Vanda..

Sonhador,

Temos ainda os seus textos no sushi.

Fj,

Lido e degustado, linha a linha. Acho que terás muitas oportunidades de conhecer melhor a Vanda e a Thunderlady, vai lendo o seu Sushi no entretanto.Quanto a comentários despropositados, vasculhices, comentários anónimos e por aí fora há muito que me habituei, já não me fazem mossa sequer e quando fazem, levam logo com uma dose generosa de mau feitio. Comecei tímida, durante uma grande parte do tempo de vida desta mercearia o espaço foi privado, depois armei-me em despachada e abri ao público, agora estou a remodelar e a tornar-me em sei lá, loja "gourmet"? Esta conversa consumia páginas, saltava inevitavelmente para o nosso mundo, o real, o que a seu tempo será feita espero que ao redor de um prato de tapas :)

Mr. X

Claro que voltará, aliás nunca partiu.

Quanto ao abre e fecha de tascos tu és o nº1 e ainda bem que o fazes pois surgem sempre coisas novas, de que gosto particularmente,és do tais casos que por vezes prefiro não manchar com coments sem inspiração, pois, logo eu q te chateei tanto para voltares a ter coments pois é a tal coisa do feitio da treta...

Essa do perderes a graça natural, ou deixares de viver nela não estou bem a ver, quem tem, tem, não é coisa que lhe caia ao chão, tens que me explicar isso um bocadinho melhor...

Ah, lembrei-me agora, projecto daqueles que disseste nunca mais novo? Vais casar?????????

Pronto, desculpa de vez em quando deixo-me tomar pelas emoções, ahahahaha.

Xuggo,

Já me tinha apercebido da tua incursão blogosférica, ainda não dei por lá um pulo porque estou de férias e férias são férias, aliás vê-se que sim pelo adiantado da hora, acabadinha de chegar da borga...

Eu registo sempre com agrado as passeatas que fazes aqui pela mercearia, quanto aos meus desabafos como lhes chamas, valem pelo que valem, podia fazer como tantos e torcer o nariz, virar a cara e seguir para bingo ou entreteros deditos durante horas no msn ou ao telefone, e depois como é que ficava a minha reputação de contestatária e de pessoa difícil?Saudades ao Bastinhas que
espero continue em grande forma.

Pepper,

Ou Estrelinha que me dá mais jeito, estranho este comentário vindo da tua parte, logo tu que me conheces há tanto tempo, supunha eu que sabias que não alinho em tricas e mesquinharias afins, sugeria talvez que voltasses a ler o que escrevi a sós.

Quanto para o que servem os blogues acho que cada um lhe dá a utilização que bem entende, no meu caso não me desvio nunca uma linha do que está descrito aí em cima no cabeçalho da mercearia e ao longo de mais de um ano de blogue onde me assumi sempre como pessoa difícil e de muito mau feitio. Digo sempre o que penso e não preciso de blogues ou de outras tretas para atingir seja quem for. Há é sempre muito quem enfie a carapuça, problema deles.


Rita,

Anda pois Ritinha e eu continuo a ter uma inveja do caraças de não conhecer,como ela, as minhas blogonetas.

Gaia,

Isso sei eu, a conversa fica para depois.:)))))


Bjos a todos


Tita

Mr X disse...

Ó T, vou deixar de ter graça natural porque vou deixar de viver na Graça :)
Simples.

TAZ disse...

Tapas???
Alguém falou em tapas????

M disse...

Tenho andado fora daqui por falta de tempo, por isso só hoje percebi que a Thunderlady tinha fechado o blogue dela... deve ter tido os seus motivos e apesar de triste, respeito a vontade dela. Espero puder continuar a usufruir das visitas dela á Arca e tal como tu Tita, espero puder continuar a usufruir da companhia dela fora do Mundo dos blogues. Um beijo para ti e um beijão para a Vanda!!

Thunderlady disse...

Vocês gostam todos de deixar uma pessoa sem jeito, não gostam??

:)

Beijos a todos