quarta-feira, 24 de setembro de 2008

TENHO PARA MIM


Que anda aí maleita nova.
Nova mas altamente contagiosa.
Não, nada de arma química ou biológica.
É a síndrome do super-herói...


6 comentários:

Thunderlady disse...

Tita! Este post foi altamente perigoso! Imagina se o chefe estivesse a passar aqui ao lado? Isto faz-me recordar para não andar a ver blogs em horário de trabalho!

AHAHAHAHAHAHAH


Delicioso!!

AHAHAH


Bjokas

pensamentosametro disse...

Thunderlady,

Simples constatação da realidade. vire-se o pobre mortal para onde virar, pumba lá leva com um super-herói, isto de ser mediano uma pessoa como todas as outras está a tornar-se perigoso. :))))


Bjos

Tita

M disse...

Há um super-herói em cada um de nós...ora então vê lá se não tenho razão:

-Ultrapassamos orçamentos altos como arranha-céus de um só salto (ou 2, ou 3);
-Somos resistentes ás poderosas e certeiras "balas" do governo (e de alguns gangs que aí andam);

...queres mais?? eheheh

pensamentosametro disse...

M,

Quero pois, quero mais , muito mais, sobretudo dos auto-proclamados heróis que nos obrigam a todas essas acrobacias.


Bjos


Tita

Gi disse...

E esses super-heróis também fazem operações de salvamento, ou são super-heróis vilões?

pensamentosametro disse...

Gi,


Deve ser 50/50. Cabe-nos a nós perceber quem é quem.


Bjos


Tita