domingo, 20 de julho de 2008


Quando me mentem, fico danada, e então quando a mentira é tão grande, tão inverosímil, insultuosa mesmo, daquelas que são verdadeiros atestados de estupidez passados por quem as conta a quem é alvo delas. Aí fico completamente irritada transformo-me mesmo na própria fera.
Para mais tratando-se de alguém que pinta, borda, torce e distorce, a verdade a seu belo prazer de forma continuada.
Desta vez, a criatura foi um bocadinho, um bocadinho não, um bocadão, mais além do que o habitual de tão grande a mentira é quase ridícula.
Vou estar atenta aos crédulos do costume que se prestam ao triste papel de aplaudir e fazer a habitual vénia.


5 comentários:

Gi disse...

Tu és uma BlogoFERA!
Mulher não andes por sítios escuros, húmidos e nada arejados, desses que cheiram a mofo e porcaria ..
Tens sítios tão lindos; larga esses para os putrefactos, fétidos e infectados que gostam de chafurdar na lama ... tipo vermes.
Leoas como tu põe a pata por cima.

Thunderlady disse...

Sai lá dos sítios escuros, vá. Não interessam a ninguém, digo eu que não percebo nada disto...

Aproveita o resto do fim de semana :)

Bj

Olá!! disse...

Ataca leoa LOL...
Não faço ideia do que estás a falar, mas concordo com a primeira parte e fico à espera do desfecho do episódio (depois conta quantas lesmas lamberam o ego do mentiroso)
;)))

Beijocassssssssssss

pensamentosametro disse...

Meninas,

Eu depois explico por mail, claro q da vida dos outros só se fala assim, ensinou-me a minha professora particular.
No blog só se fala da nossa.


Bjos

Tita

sonhador disse...

gente assim existe por aí, aos montes...

bjos.