quarta-feira, 23 de julho de 2008

DOS AMIGOS E DOS CONHECIDOS


Amigo é quem chora e ri connosco.

É de quem nos lembramos sempre em primeiro lugar quer seja para partilhar a última anedota aprendida quer seja para chorar a nossa última amargura.

Amigo é porto seguro, é quem nos faz ver que estamos errados, que não é por ali o caminho, mas que no entanto nunca deixa de nos defender, proteger, dar o peito às balas por nós mesmo quando não temos um pingo de razão.

Amigo é quem confia totalmente, se entrega, se abandona à nossa amizade.

Conhecidos são os que leviana e facilmente nos chamam amigo.

14 comentários:

Anónimo disse...

"é quem nos faz ver que estamos errados, que não é por ali o caminho, mas que no entanto nunca deixa de nos defender, proteger, dar o peito às balas por nós mesmo quando não temos um pingo de razão"

Gostei imenso desta parte.

É que cada vez se cruzam mais amigos daqueles ao estilo do "se não concordas comigo, estás contra mim."

Tem um dia bom, Tita!

Beijinhos :)****

Teresa

Thunderlady disse...

Quando eu era criança a minha mãe corrigia-me sempre que eu dizia "amigo". Dizia ela sempre: não é teu amigo, é teu conhecido. MAs eu era criança, para mim eram todos amigos.

Hoje em dia e com cada vez mais frequência me lembro das correcções dela. Creio que um dia só terei conhecidos.

Beijinhos

sonhador disse...

Os verdadeiros amigos nunca nos deixam nas horas menos boas.

Bjos.

Pulha Garcia disse...

Totalmente de acordo. Texto muito verdadeiro. Quem pensa que os que tem como conhecidos são seus amigos caminha em areias movediças...

pensamentosametro disse...

Freguesia,

Então a verdadeira amizade não é isso ? Um sentimento paralelo ao do amor, incondicional, sobretudo apesar de tudo????


Bjos

Tita

Thunderlady disse...

Tita, ser é, mas poucos são os que estão eles próprios dispostos a ser amigos e optam por ser conhecidos.
É mais fácil? Requer menos empenho?
Hoje em dia ninguém se quer empenhar ou comprometer...


As coisas têm que ser bilaterais.

Bj

Gi disse...

Oh meus amores!

Ana Oliveira disse...

É bem verdade tudo isto!
Ser Amigo é saber dizer não com um abraço a dizer sim...estou contigo!

Bjs

pensamentosametro disse...

Thunderlady,

Claro que hoje em dia se via perdendo mais e mais o sentido da amizade, a verdade do sentimento por isso mesmo há mais e mais conhecidos e vamos fiando mais e mais sós.

Ana,

Sabemos que temos amigo apra a vida quando ele entende as coisas como nós. Já me aconteceu dizer não com um abraço e ser mal "lida".



Bjos

Tita

Anónimo disse...

Com licença, cheguem-se para lá! Agora sou eu outra vez! (E ainda por cima não venho dizer nadinha de novo, mas "prontos".)

Eu continuo vidrada na citação:

"é quem nos faz ver que estamos errados, que não é por ali o caminho, mas que no entanto nunca deixa de nos defender, proteger, dar o peito às balas por nós mesmo quando não temos um pingo de razão"

REFORÇANDO ESTE PEQUENO GRANDE PORMENOR (como não sei pôr a bold, vai repetido):
"mas que no entanto nunca deixa de nos defender, proteger, dar o peito às balas por nós mesmo quando não temos um pingo de razão"

Ando assim. A pensar demais nos amigos que não sabem que podemos ter opiniões divergentes sobre o que quer que seja. E amuam. E agem pela piada subtil. Não deixam de ser amigos. Mas não se lhes pode ir contra o feitio.

Ando assim. Circunstâncias.

Eu não lhe queria começar a chamar falta de Amizade. Antes, FALTA DE RESPEITO.

Beijinhos, Tita! :)

Teresa

pensamentosametro disse...

Teresa,

Não será nem uma coisa nem outra a meu ver. Para mim é mais confusão mental...
Quem pensa que a amizade é dizer que sim com a cabeça está redondamente enganado, muitas "amizades" também já deixaram de o ser quando fui amiga delas, oercebeste Teresa, é como tão bem disse a Ana "ser amigo é dizer que não com um abraço".


Bjos


Tita

Xinha disse...

É tão verdade...
Eu tenho o péssimo habito de charmar a todos de amigos... quando na realidade são apenas conhecidos!!
Amigo, tenho poucos.. mas, bons!! ;)


Xi-coração

Anónimo disse...

Pecebi na perfeição, Tita.
Basicamente, a Ana resumiu em poucas palavras o teu post.

Claro que percebi.
aliás, de amigos e conhecidos não tenho eu percebido outra coisa nos últimos tempos! Grças a Deus sempre pela positiva... Mesmo quando há a chamada "desilusão", agradeço-a! Assim ando ao engano menos tempo. Mas, já me desvio do assunto do post (?!?!) - que característica enervante eu tenho.

Beijinhos, querida Tita.
Até amanhã!

Teresa

Borboleta disse...

A verdadeira AMIZADE está cada vez mais dificil de se "encontrar", talvez pelo estilo de vida que vivemos, ou porque as mentalidades e prioridades das pessoas mudaram muito!

Eu posso dizer que me entrego nas amizades! Gosto de uma amizade sólida e bilateral...pois só assim faz sentido para mim!
Tento passar essa mensagem para o meu filhote, mas ainda é cedo!

Conhecidos temos muitos...os amigos serão os que ficam e não os que vão passando na vida!

Beijinhos