sexta-feira, 23 de maio de 2008

AI AS ROTUNDAS !


Na passada Quarta-feira de manhã como sempre, fiz o meu percurso tortuoso de casa para o trabalho aí uns 2 Kms de linha recta não fossem as rotundas, eheheh, pois, roam-se.

Foi justamente a meio da primorosa execução da última rotunda - primorosa pois que eu conduzo bem, julgavam o quê? - Que me vejo abalroada, literalmente por um Citroen Saxo que escolheu para se suicidar a porta do pendura e o guarda-lamas dianteiro do meu carro que não é exactamente dos mais macios, entrando na dita rotunda ao melhor estilo Kamikase.

Calmamente, como aliás é meu hábito, saio do carro e no meio da via tenho a poderosa condutora do infeliz Saxo, uma alminha de aspecto tenebroso, que se esganiçava com uma voz daquelas que até irritam os mortos ao mesmo tempo que esperneava e corria em todas as direcções na rotunda, gritando não se percebia bem o quê.

Face a este cenário e como aliás acho que se deve fazer sempre, chamei a PSP que por sorte se encontrava muito perto e chegou em dois minutos.

Chega o carro da PSP com dois agentes e enquanto um toma conta do tráfego, o outro dirige-se a nós e para total espanto nosso a criatura saltitante e gritante que ainda não se tinha acalmado dirige-se a correr ao pobre agente, como quem lhe vai saltar ao pescoço e esganiça-se: - Multe-a senhor polícia, multe-a ela é que teve a culpa, eu vinha da direita.

Face ao caricato da situação o pobre agente não se conteve e teve um dos maiores ataques de riso que já vi na minha vida, daqueles que não conseguimos controlar, sabem?

Por esta altura já tudo, (tudo pois que já se tinha juntado uma pequena multidão à bela maneira portuguesa), ria minha gente à gargalhada solta, toda a gente menos eu que mais uma vez tinha a nítida sensação que a coisa era para os apanhados e procurava, afanosamente com o olhar, as câmaras que justificariam o cenário surrealista.

Passados uns bons dois minutos o senhor agente lá se conseguiu recompor e anotar a ocorrência em conformidade, não sem nunca termos deixado de ouvir a senhora que por esta hora já soluçava e repetia sem parar:

- Mas eu vinha da direita, mas eu vinha da direita...

Caso encerrado, ocorrência comunicada, declarações amigáveis assinadas, o senhor agente, querendo ser simpático, chama a senhora à parte e aconselha-a a rever o código, o que lhe evitaria certamente, muitos problemas no futuro.

Responde-lhe a dita, de forma rápida e visivelmente ofendida:

- Ó senhor guarda tenha dó, ainda nem há um ano tirei a carta, então não havia de ter o código ainda fresquinho...

17 comentários:

Thunderlady disse...

LOL

Calha-te com cada uma... para e que tens iman!

Na 3ª feira passada, quando vinha do consultório acabei por vir "por dentro" e apanhar um carrito de escola de condução em plena aula. Sabes o que eles ensinam agora?
A passar sinais vermelhos. Só se espera que os peões acabem de atravessar, de resto que é que interessa se está vermelho? NADA!

Não te pasmes com a alminha. Eu defendo que antes de se tirar a carta se deviam fazer uns testes psicotécnicos :P

Bjoka

pevide disse...

HaHaHaHa =)
Ai Tita... que situação hilariante! (fora os danos materiais, é claro!)
Códico fresquinho? Tão fresquinho que ainda não "assentou" bem ;)

Flávio disse...

Só de ler já estou a rir da figura da menina!!!
A pergunta é: Como é que ela tirou a carta?

PS: Nestas coisas o que é mais importante é que ninguém se aleijou.
Beijos

Pulha Garcia disse...

Criaturas que "nem há um ano tirei a carta" são por definição um perigo...mesmo em linha recta, com ventos leves, estrada vazia e pavimento seco. Deveriam andar com sinais luminosos em cima do carro a dizer "eu sou um perigo", "eu sou um perigo","eu sou um perigo" ...

Gi disse...

Ela vem da direita e nem no raio da condução ela consegue levar a dela avante?
Ai, Tita, ela vinha da direita, mulher!

Fatima disse...

Tita ri-te ri-te, mas olha que eu tive um abalroamento parecido numa rotunda, com uma senhora que fez 360º pela direita e com o pisca da direita sempre ligado, e a culpa foi minha.....mesmo tendo a policia dito no local, que a senhora é que vinha mal.......

Rita disse...

Muito bom! O pior é que há por aí muita alminha que pensa o mesmo, ainda noutro dia lá vinha eu a circular por dentro da rotunda e quando faço sinal para sair, o inergúmeno que vinha por fora mas só queria sair na saída a seguir à minha não estava com vontade de me deixar sair. Eu páro, ele como não tinha altrernativa também parou e o desgraçado que vinha atrás dele deu-lhe uma valente trancada por trás. Azar, eu vim-me embora e ele ficou lá a resolver o problema...
Jokas e bom fim de semana

Mr X disse...

A culpa é do sócrates!

sonhador disse...

ela vinha da direita...

agora a sério.
essa do código fresquinho, deve ser de quem acabou de o tirar do frigorífico, certamente.

ainda bem que só foi chapa.

bjos do sobrinho.

Lisa's mau feitio disse...

Tita, eu estou com vontade de ser ruinzinha e até te encomendava um pequeno "crime" para os próximos dias... Mas como não sou de coisas, fico-me pelas intenções (más, ainda por cima).
É que há aí uma "forcada" para os teus lados que me anda cá a dar a volta ao sistema nervoso há uma série de meses e com uma empanadela no carro, podia ser que alguma coisinha se resolvesse. Mas pronto.

Terminado o momento de delírio... Saio com a impressão de que eu estou pior do que a rapariga histérica que te bateu no carro...
Como explicar sem fazer figurinha de ursinha?!?
...
Então mas se a moça vinha da direita... Tu não terias de lhe dar prioridade?? Raios... O que é que me passou aqui ao lado???

:\

Saio tão intrigada...

Beijitos meios estranhos...

Lisa

Lisa's mau feitio disse...

Tita!!!

Ok...

A moça vinha da direita, mas tu estavas na rotunda... Logo, a prioridade era tua!!!

Credoooooooooooooo...

Ai!! E parem de rir, sim???

É que eu li à pressa e não assimilei de imediato que havia uma rotunda na questão!! e que era na dita que aqui a merceeira vinha, sim??

Oh Tita, tu limpa-me o nome!!! Sempre podes não blogar o comentário anterior, certo??? ahahahahahha

Beijinhos estafados de tanto ler e reler o raio do post, Deus Santo!!

Lisa

Jedi Master Atomic disse...

Tita,

Essa é mesmo tipica agora. Fazer as rotundas todas por fora. Vejo muito disso e se percebo que alguem nao vai sair, nem me vai deixar passar, não me chateio nada de dar outra volta à rotunda.

Antes isso que a alternativa !!!

Mas a tua situação foi bastante caricata...LOL...só mesmo a ti :P

Gi disse...

Não deixaste os limões na rotunda, não?

fj disse...

Tenho visto muitas situaçoes hilariantes, semelhantes a este caso.
Só não se repara uma simples amolgadela de borla,
quem não o quiser fazer.

Ja me ri o suficiente com a descrição do acidente e com a reacção da outra condutora.

A Feira está quase a começar! com a quantidade de rotundas existentes neste momento no trajecto, acredito que a PSP de Santarém terá muito trabalhinho pela frente;)
Bjinhos
-cuidado com as rotundas

Ahh!!
e graças a um comment da Rita consegui uma palavra interessante nesse comentario para engrandecer o Dicionario 100Palavras.
O Post irá ser publicado brevemente :))

anna disse...

É mesmo tudo ao molho e... salve-se quem puder!
Ainda bem que não passou de 1 susto divertido...
Beijos.

hollygang disse...

3 pedais para 2 pés... e ainda direitas e esquerdas... muito confuso!

gaia disse...

não tenho vinda cá a sério, nem aqui nem a lado nenhum (...), e o que eu tenho perdido!!!!

esta é linda!! mas estas coisas só te acontecem a ti, não??