sexta-feira, 11 de abril de 2008

MOMENTOS KODAK


Os pais da Laura regressam hoje das suas mini-férias a dois com trabalho pelo meio mas mesmo assim mini-férias. Serão já eles a irem buscá-la ao infantário, termina assim a minha semana de avó emprestada, como sempre, adorei.

Sem querer tecer qualquer crítica ou juízo de valor, faz-me um bocado de impressão como é que alguém pode demitir-se do papel de avó e perder a oportunidade fantástica de ver esta coisinha pequenina evoluir, crescer, perder a oportunidade de ser mãe outra vez, pretextando ter uma vida para viver e a necessidade de responsabilizar os pais pela educação dos filhos, sinceramente, não compreendo.

Lau, Maria e Nuno, estão à vontade, como sabem esta avó está sempre disposta a abrir parêntesis na sua vida para que vocês possam fazer uma pequena pausa a dois, ir ao cinema ou apenas para passar uma noite à luz de velas, sei que vocês são pais e pessoas maravilhosas que adoram a Lau, apenas precisam como todos nós de uns momentinhos Kodak...


8 comentários:

Flávio disse...

As crianças têm uma característica peculiar: Alegram uma casa, uma hora e a alma. Concordo contigo na impressão que faz as pessoas que não querem isso na sua vida. Mas cada um é como cada qual.

pevide disse...

Há pessoas que pensam/sentem "não tive esse apoio, por isso agora não o vou dar"... Acho triste, mas tenho de compreender.
Felizmente tenho uma mãe fantástica, que me criou sem ajuda de ninguém, e que já me disse que não se "importa nada" (querendo dizer, "por favor, deixa!") de ficar com os netos quando eu precisar(e suspeito, mesmo que eu não precise)=)

pensamentosametro disse...

flávio,
é isso mesmo, no entanto não deixa de me intrigar.

Pevides,

és uma miúda cheia de sorte e isso "vê-se".

Bjos

Tita

Gi disse...

Titasitting!

Thunderlady disse...

Lembras-te das nossas conversas sobre adopção? Que há coisas que não se ficam pelo biológico e mais que isso, não se sentem por ser biológico. Esse caso prova que a avó biológica se está nas tintas para a isso.

E tu... aproveitas, ora!! Tu até gostas :D

Beijos!

pensamentosametro disse...

Gi,

Titasitting e loving it.

Bjos

Tita

Thunderlady,

São as tais pessoas que têm o coração do lado direito, acontece...

e eu adoro, é verdade.

Bjos

Tita

Lisa's mau feitio disse...

Tita, quase chorei ao ler estas palavras.
Como sabes, sou mãe. Moro muito longe da minha Mãe, por motivos profissionais. resolvi esse aspecto por aqui e ela por lá teve de ficar. Longe. Mas nada nem ninguém a impediu de vir sempre que era necessário tomar conta do neto... Porque eu não podia faltar ao colégio, porque eu tinha exames, fosse pelo que fosse. Mais de 400 km fazia de noite para cá chegar a tempo de eu ir à minha vida para ficar com o menino doente... Sempre disponível, sempre de braços abertos. não vinha para os meus momentos Kodac, porque não tive oportunidade de ter muitos... Mas vinha para os maus momentos. Agora, Tita, não vem. Não pode. A vida tratou de nos tornar mais longínquas. Tem a minha Avó e o meu Pai. Temos tão só e apenas o amor que nos une, a voz de amor uma para com a outra.

Enfim, Tita.

E saio já daqui porque já vejo o teclado turvo, com as lágrimas de saudade que me bailam nos olhos.

Beijos

Lisa

pensamentosametro disse...

Lisa,

A saudade pode ser uma coisa boa, então e não encontrarás por aí uma avó postiça para te deitar uma mãozinha, se precisares de um momento kodak aqui pelo Ribatejo, podes deixar comigo o teu rebento.


bjos

Tita