sexta-feira, 11 de abril de 2008

AINDA O TIBETE



Coisas sérias à parte, juro que não consigo perceber o "sururu" à volta do Tibete, aquilo é uma ventania e um frio de rachar, para não falar da altitude que nos dá cabo do sistema.

Então porque será aquele quero porque quero dos "chinocas"? Não percebo, que raio querem eles de um bocado de terra que para além do misticismo, dos templos de tirar o fôlego e da paisagem que apenas nos esmaga com a sua beleza, pode até ser considerada a modos como uma bela tsampa?

12 comentários:

Red Woman disse...

Eu fazia o mesmo aos chineses que eles fazem aos animais!

Lisa's mau feitio disse...

Tita, apenas vim desejar um bom fim-de-semana.
A minha "incultura geral" não me permite comentar este teu post nem a sério nem a brincar. Estou "out" demais das realidades circundantes no que se refere ao Mundo. Ando muito virada para o umbigo das porcarias da vida em geral. Na verdade, não tenho cultura geral alguma. Assumo.

Bom fim-de-semana, então! :)

Lisa

Thunderlady disse...

Realmente, com tantos sítios mais quentinhos tinham logo que embirrar com o Tibete. Éhe.

;)

Beijo!

Jedi Master Atomic disse...

tsampa !?!?!? Queres dizer trampa, não ??? lol

Eles querem, precisamente porque querem...tipo criancinha a ver o brinquedo.

Curiosa disse...

O Tibete além da beleza natural exterior que podemos ver, tem "beleza" subterrânea como o ouro, petróleo, urânio e água!
É só isso que move os chinocas, pois os templos eles não precisam para nada infelizmente, embora lhes fizesse muito bem meditar um bocadinho sobre a maldade que lhes vai naquelas cabecinhas insuportáveis!!!

Bjs




Ps. O comentário foi num post já com 1 ou 2 semanas. Não percebi se era dentro do contexto do mesmo ou fora, só isso. Daí ter ficado intrigada. Vou procurar e depois te digo. ;)

Mr X disse...

Bom, nunca tive no tibet, só li o tintin e vejo gajos vestidos de vermelho e um dalai lama que é um bocado sorridente demais.
mas contra os chinas, marchar marchar.

M disse...

O problema é mesmo esse... o misticismo que rodeia esses templos e historia daquele povo... tudo o que é físico é possivel controlar, subjugar... mas uma crença, uma fé, tudo que é espíritual, torna-se numa força quase impossivel de dominar... o povo do Tibete, em especial, a comunidade Budista, tem uma força espiritual muito forte e apesar de ser uma crença pacífica, essa força pode ser vista como uma ameaça a quem apenas sabe viver pela força...

Lisa's mau feitio disse...

Tita!!

Nasceram os bebés dos cães do FJ!!!
Feliz dia mundial dos beijinhos e que dia lindo para esta história linda de amor canina terminar!!!!!!!

Lisa
:)

Kunta disse...

Aquela coisa do Tibete só pode ser imbirração. Começa a ser preciso ter uma paciência de chinês para aturar as chinezisses dos chineses. Até nos deixam com os olhos em bico...

Mil lambidelas

Pulha Garcia disse...

A grande questão não é o Tibete (apesar de eu ter uma simpatia especial por um País feito de gente rural e religiosa que não faz mal a ninguém e que desde 1959 é massacrada e perseguida sem que nada ou ninguém consiga prestar um auxílio eficaz).

A grande questão é como é que um País como a China, que apesar de uma cultura milenar é um campeão dos holocaustos, da tirania e da opressão, ganha o direito de organizar e protagonizar os jogos Olímpicos, supostamente os jogos da união dos Povos. Os antigos gregos, os quais durante os jogos interrompiam todas as guerras e querelas, devem andar às voltas no túmulo ao verem um País como a China a ter o direito de os organizar...

Bem pelo menos aqui fica a minha opinião.

pensamentosametro disse...

Red womam,

Aos chinocas eu dava era "morte de grilo"...

Lisinha,

Estar fora do que vai pelo mundo é natural quando o nosso mundo está cheio a aabarrotar, quanto À cultura geral, não digas isso todos temos, basta vivermos.

Thunderlady,

Pois foi de qualquer forma o s chinocas são uns grandes embirrantes.

Curiosa,

Não sabia mas suspeitava que eram movidos por um qualquer motivo desses.

Mr. X

O Tibete também me foi introduzido pelo Tintin, mas está na minha lista de viagens.

M,

Toda a razão, o eterno mau feitio dos chineses que nada pode contra a força da mística budista.

Lisa,

Vi agora, são tão lindos, que pena não poder ficar com nenhum.

Pulha Garcia,

Tentei apenas fazer uma piadola com um assunto muito sério, em duas linhas ou três disseste tudo, não podia concordar mais contigo, não consigo perceber este baixar de cabeça do mundo aos imperialistas chineses, o olhar para o lado, fingir que não se passa nada. Nunca se devia ter sequer ventilado a hipótese da China acolher os jogos.

pensamentosametro disse...

Kunta,

O olhos e a paciência.

Jedi,

É Tsampa mesmo.

Beijos



Tita