quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

DA MALDADE E DA SOLIDÃO

Há "gente"que só se sente feliz quando põe a maldade à trela e a leva a passear por aí, e então é vê-los em crescendos orgásticos, enquanto se rebolam na crítica destrutiva, na imbecilidade do mal por mal dizer, sem perceberem que é por isso que voltam para casa e a encontram sempre vazia, os que lá moraram um dia, fugiram mal apanharam a porta aberta e foram passear outros sentimentos, noutras ruas, mais arejadas.

7 comentários:

Mim disse...

Estão sempre a tempo de parar para pensar as suas prioridades. Se no fim forem as mesmas, é porque não querem ninguém e o melhor é nem pensar na solidão delas, para não ficarmos vazios.

Dá-me uma beijoca na mesma, quero lá saber da tua gripe :)

sonhador disse...

não metas gente com aspas, porque isto é real...
há GENTE que gosta de passear, a maldade, por aí.

FM disse...

Infelizmente é assim... Mas tamb´+em há gente que passeia "gestos" bem mais interessantes...
Sê Feliz!

Estrellinha disse...

Desculpa lá o que te vou dizer e digo com o todo o respeito...

E se mandasses essa gente toda à bardamerda?
Não interessa? Corta! Risca do mapa! Ciao, Adios, Goodbye, Adieux e por aí a fora...
Eu sempre me preocupei muito com os outros. Mas agora?
Oh darling! Falem bem ou falem mal, mas falem!!!

Beijos beijos beijos beijos!

Gione disse...

Gota ... a ... gota ... enche-se essa "gente" de maldade e de solidão!
Haverá pior castigo?

Cai de Costas disse...

Olhe que não, Drª, olhe que não.
Olhe que não podemos ser tão redutores assim...

Jedi Master Atomic disse...

Right on !!! Mas o problema é que muita gente dessa volta para uma casa NAO VAZIA. E descarrega nas pessoas que lá moram.