sexta-feira, 19 de outubro de 2007

NACIONAL "PORREIRISMO"

... foi um êxito, cheia de originalidades, uma coisa rara e nunca vista, até já há quem queira voltar não uma mas duas vezes.
O "Sócas" estava radiante, a receber os amigalhaços no seu Country Club, exclusivíssimo enquanto o povo da gleba nas ruas protestava, mas ele nem ligava, ligar para quê? afinal ele é O que manda o Rei da porcalhota, 200.000, mas o que são 200.000? os outros estão todos tão satisfeitos mas tão satisfeitos e aprenderam tão bem, mas tão bem a lição ... que se houvesse legislativas amanhã não haveria nada a mudar nos gabinetes na próxima 2ª feira.
Claro que correu bem, foi mais uma vez a vontade de um a prevalecer sobre a de todos.
"Porreiro, pá" !

5 comentários:

Gione disse...

E já somos 2 a achar que isto é porr(a)eiro!

Alf disse...

Retribuindo a tua visita e o teu comentário, e parafraseando Ramalho Ortigão: "puta que os pariu"!

pensamentosametro disse...

Gione,

é pena sermos poucos.

Alf.

Não resolve mas alivia, grande Ramalho Ortigão

Alexandra disse...

Pois eu achei o máximo.

Protestos há sempre, nem que seja para mudar o papel higiénico de verde para cor-de-rosa ou vice versa (não desmerecendo a necessidade e o direito de protesto e muito menos a causa de cada um).

O que é certo é que correu mesmo bem e o senhor, de tão contente, não conseguiu deixar escapar um "Porreiro, pá". É bom ver que estas causas ainda os alegram. É sinal de que ainda estão na política alguns com "algumas causas".

Pior são os que dizem "política, nem pensar! Dá muito trabalho.", como ouvi no outro dia. É verdade. Dá trabalho, habilitamos-nos a chatices e a ter o nosso nome em hasta pública. Mas e a causa pública, onde fica?

xá-das-5 disse...

Cool, man!